Mensagem do Presidente
Este é o Portal do Parlamento cabo-verdiano. Um valioso instrumento de comunicação que encurtará a distância entre o Eleito e o Eleitor e aproximar os cidadãos, nas ilhas e nas comunidades emigradas, do quotidiano da Casa Parlamentar, permitindo de igual modo uma maior interacção, sobretudo no acompanhamento das iniciativas legislativas e dos trabalhos parlamentares, onde são debatidos assuntos de relevante interesse para a vida das pessoas e do país. Efectivamente, o Portal tem como principal missão dar a conhecer o papel dos Deputados e outros sujeitos parlamentares e das diferentes Comissões Parlamentares, contribuindo para um conhecimento e juízo dos cidadãos relativamente ao desempenho dos seus representantes e do funcionamento do Sistema Político. O Parlamento deve assumir-se sempre como a Casa de todos os cabo-verdianos, no país e na diáspora. Nós todos, eleitos nos círculos eleitorais do país e da diáspora, somos a expressão genuína da vontade dos cidadãos, que nos confiaram o mandato para o exercer com elevado sentido patriótico e de pertença aos valores que enformam a nossa identidade, plasmada de forma inequívoca na Constituição da República. A modernização do Parlamento deve continuar a ser assumida como uma prioridade da Assembleia Nacional – Mesa, Deputados e Grupos Parlamentares e constituir-se como desafio de primeira linha do processo da reforma do Parlamento. Cada Legislatura que começa representa o renovar de esperanças para todos os cabo-verdianos, independentemente da sua crença, origem social ou pertença político-partidária. Garanto-vos que é uma honra poder assumir nesta hora o desafio de presidir à Mesa deste Parlamento democrático e plural, que deverá estar à altura da enorme responsabilidade que nos foi confiada pelos cabo-verdianos, no passado 20 de Março. Caros Deputados, caros concidadãos. Sabemos ao que vimos e para onde devemos caminhar, dando a nossa modesta contribuição para a melhoria da imagem do parlamento junto da sociedade, para uma maior integração das ilhas e para a afirmação de Cabo Verde, num mundo cada vez mais de incertezas e ameaças várias. Este Portal vem claramente suprir o vazio existente e assumir-se como um canal de comunicação e interacção entre o Parlamento e os cidadãos, onde se espera a participação e contribuição de todos para que cumpra paulatinamente a missão pela qual foi criado. Esta ingente tarefa é, seguramente, de todos nós.
Cordiais Saudações Jorge Santos
Jorge Santos
Roger Dang reúne-se com Jorge Santos na Praia

O Presidente da Assembleia Nacional, na sua qualidade de República interino, recebeu ao final desta manhã, em visita de cortesia, o Presidente do Parlamento Pan-africano que fez uma visita relâmpago a Cabo Verde no sentido de trocar impressões e auscultar acerca da situação de inercia que se abateu sobre a instituição que lidera.

Para Roger Dang, a sua deslocação teve vários significados, preferindo salientar, no entanto, o facto da importância da deputação arquipelágica representada superior e apreciada no seio do principal órgão legislativo do continente, que neste momento, segundo ele enfrenta um grave problema de egoísmo humano.

Para ele, são catorze meses de inatividade total, que a seu ver não pode ser considerada de maneira nenhuma normal num órgão que deve representar os interesses de cada povo em Africa, por isso, a conversa entre ambos girou em torno da procura de uma solução que poderá permitir que haja uma saída airosa para a situação reinante.  

Por seu turno, Jorge Santos, deixou claro que parte da inatividade do Parlamento Pan-africano está diretamente relacionada com a pandemia da COVID 19, que deitou por terra quaisquer tentativas de se reunir presencialmente, algo transversal a outros órgãos legislativos tanto a nível local, regional como nacional. 

Deste modo, sugeriu formas e meios de restabelecimento das atividades, quais sejam, recorrendo-se aos meios de comunicação existentes, sendo o formato mais adequado neste momento, o vídeo-parlamento, como forma de vencer a estagnação que campeia no seio da instituição causada, pelo desalinho de alguns parlamentares por causa da pandemia. 

Nesta ordem de ideias, mostrou-se convicto de que em breve as atividades parlamentares possam ser reativadas por forma a relançar o debate sobre a COVID 19, exigir a ciência e ao mundo a vacina para o continente africano, que infelizmente por interesses sombreados, tem sido deixado a margem do processo.

Aproveitou a oportunidade para anunciar que ate ao final do mês de janeiro vai haver uma sessão virtual do Parlamento Pan-africano para a retoma das atividades, algo que poderá acontecer antes da Cimeira dos chefes de Estado e de Governo da União Africana, marcada para a primeira semana de fevereiro.  

Arquivo Multimédia
Antigos Presidentes
Contactar Presidente
Outras Ligações
@ Copyright 2015. Assembleia Nacional de Cabo Verde, Design and Architecture by Technician programmer of ANCV . Optimizado para 1024x786
Todos os direitos reservados webmaster