Tel: +(238)2608000
Fax: +(238)2622660
Terça-Feira, 3 de Agosto 2021
1ª SP de Julho: PAICV exige responsabilidades no caso do cidadão que, sob medida de coação de permanência na habitação, consegui sair do país

A bancada parlamentar do PAICV apresentou na manhã desta quarta-feira, 14, uma Declaração Política onde exige que sejam assumidas responsabilidades no caso de um cidadão que, sob medida de coação obrigação de permanência na habitação, consegui sair do país sem constrangimentos.

 

Declaração foi introduzida pelo Vice-Presidente da bancada parlamentar, Démis Almeida, para quem a saída do cidadão arguido “desafiou o sistema nacional de segurança interna, uma vez que saiu do país num voo comercial, identificando-se com o seu passaporte, franqueando todos os serviços de controle que existem para garantir a segurança interna do país, como se fosse o mais livre dos cabo-verdianos”.

 

Ainda de acordo com aquele Deputado, esses fatos “atiram para níveis rasos a credibilidade do sistema nacional de segurança interna e muito desprestigiam” a segurança e a reputação das fronteiras do país.”

 

Por esta razão, o grupo parlamentar do PAICV exige que sejam apuradas responsabilidades e que tais sejam assumidas para que jamais tal situação volte a suceder.

 

Em reação, o líder parlamentar do MpD reiterou confiança nas instituições nacionais, na Polícia e nos Tribunais, subscrevendo a intervenção pública do Primeiro Ministro nesta matéria.

 

De acordo com João Gomes, “existe um inquérito em curso, temos que ter paciência e vamos esperar. Após os resultados do inquérito podemos voltar a essa questão e não teremos problema nenhum em tecer os comentários que se mostrarem necessários”

 

Já a UCID, através do Deputado Amadeu Oliveira, assumiu como defensor público e "nunca como Deputado" a responsabilidade de planear, conceber e financiar a saída do cidadão arguido do país.

 

Amadeu Oliveira pediu que seja feita uma “uma inspeção séria, profunda, sem bodes expiatórios, sem sacrificar o Primeiro Ministro que não tem nada a ver, sem sacrificar a Polícia que fez o seu trabalho, sem sacrificar a guerrilha MpD-PAICV de sempre e vamos discutir as razões, as falhas subjacentes no sistema judicial”.

 

@ Copyright 2014. Assembleia Nacional de Cabo Verde, Design and Architecture by Technician programmer of ANCV . Optimizado para 1024x786
Todos os direitos reservados webmaster