Tel: +(238)2608000
Fax: +(238)2622660
Domingo, 11 de Abril 2021
2ª SP de Março: Declaração Politica do PAICV sobre a desordem em torno das próximas eleições legislativas

Os trabalhos parlamentares prosseguem e na manhã de hoje, a Bancada Parlamentar do PAICV apresentou uma declaração política onde acusou o Governo de ignorar as leis da República e desrespeitar as decisões da Comissão Nacional de Eleições (CNE).

 

A declaração foi introduzida pelo líder Parlamentar para quem depois de alguma experiência eleitoral, parece que os partidos concorrentes querem transformar o próximo ciclo de disputas, “num verdadeiro caos onde se ignoram as leis, se desrespeitam as decisões”.

 

Rui Semedo considerou mais grave ainda a “desobediência descarada e ostensiva” das decisões da CNE que foi desrespeitada, apoucada e, de certa forma, humilhada” e vulgarizada, realçando que esta situação é um “escândalo” porque viola as bases, os princípios e os valores de um Estado de Direito Democrático.

 

“Esta desobediência atinge contornos graves porque envolve o próprio Primeiro Ministro e o Governo que é quem, pela força de exemplo, deveria estar a mostrar o caminho, empunhando o facho das boas práticas no cumprimento das leis da República”, reforçou, acusando o MpD de compra de voto e de consciência das pessoas para subverter os resultados das próximas eleições legislativas”.

 

Em reação, a líder Parlamentar do MpD, reiterou que o partido que sustenta o Governo cumpre as Lei e que o incumpridor é o PAICV.

 “Nós cumprimos a lei, porque quando há situações que não concordamos sempre recorremos da decisão, não podemos dizer que as decisões da CNE têm que ser cumpridas porque a CNE decidiu, nós recorremos e a partir de recursos analisamos se a CNE tem razão ou não e para cumprimos com a decisão” declarou Joana Rosa.

 

Já a União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), através do Deputado João Santos Luís, afirmou que as atitudes do MpD se configuram sim na violação de leis, lembrando que a própria UCID denunciou estas situações nos órgãos de comunicação social e junto da CNE.

 

 

 

 

 

@ Copyright 2014. Assembleia Nacional de Cabo Verde, Design and Architecture by Technician programmer of ANCV . Optimizado para 1024x786
Todos os direitos reservados webmaster