Tel: +(238)2608000
Fax: +(238)2622660
Quinta-Feira, 28 de Outubro 2021
1ª SP de Outubro: PAICV acusa Governo de fazer um negócio com a Loftleidir que lesa os interesses de Cabo Verde

O grupo parlamentar do PAICV apresentou hoje, 07, durante o período de questões gerais, uma declaração política onde acusou o Governo de fazer um negócio com a Loftleidir que lesa os interesses de Cabo Verde.

 

A declaração foi introduzida pelo líder parlamentar João Baptista Pereira que afirmou que o Governo “terá de explicar ao País por que razão insistiu nesse negócio, quando, à partida, vendeu e não recebeu um tostão”.

 

“O mais grave em todo este processo é que toda essa negociata em torno dos TACV, património de todos os cabo-verdianos, decorria sob o escudo protetor das cláusulas de confidencialidade, estrategicamente inventadas pelo Governo para fugir ao controlo e à fiscalização dos seus atos pela oposição e pela sociedade, no geral.”  

 

De acordo com João Baptista, o GP do PAICV vai requerer, a breve trecho, a constituição obrigatória de uma CPI para investigar e apurar todos os ziguezagues do processo de privatização dos TACV e as verdadeiras razões do seu já consumado fracasso.

 

Em reação, o líder do grupo parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD) disse que a confidencialidade está estabelecida na lei cabo-verdiana.

 

Para João Gomes, a “confidencialidade não barra as instâncias públicas que gozam do direito do acesso à documentação de interesse público previsto na lei”.

 

Já o Deputado da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), António Monteiro, disse que os cabo-verdianos precisam dispor de todas as informações relacionadas com a privatização da TACV.

 

“Estamos a falar do dinheiro dos contribuintes e aqui não pode haver nenhum tipo de segredo”, e que é “bem-vinda a criação de uma CPI para esclarecer o negócio feito com a Loftleidir. 

@ Copyright 2014. Assembleia Nacional de Cabo Verde, Design and Architecture by Technician programmer of ANCV . Optimizado para 1024x786
Todos os direitos reservados webmaster