Tel: +(238)2608000
Fax: +(238)2622660
Quinta-Feira, 28 de Maio 2020
Sessão Plenária arranca com Declaração Politica do PAICV sobre os impactos da Covid-19 no país.

 A primeira Sessão Plenária de Maio começou hoje, 13, com uma Declaração Política do Partido Africano da Independência de Cabo Verde em relação a evolução da epidemia do novo Coronavírus em Cabo Verde.

 

Logo após a aprovação da Ordem do Dia, o Líder Parlamentar do PAICV apresentou uma Declaração Política sobre a evolução desta epidemia a nível nacional mais concretamente na cidade da Praia, onde considerou a situação de muito grave e com o número de infectados expressivos”.  

 

Para Rui Semedo “o que nos deixa ainda mais preocupados é facto de todo este crescimento de infectados estar a acontecer em pleno estado de emergência em que as pessoas deveriam estar confinadas, de circulação extremamente limitada e com contactos muito reduzidos”.

 

Em reacção, a líder da Bancada Parlamentar do Movimento para a Democracia disse que a declaração do PAICV é “o cair de uma máscara.

 

Para Joana Rosa, em momentos de crise, a oposição tem a responsabilidade de colaborar e cooperar com o Governo, mas em Cabo Verde a situação é contrária porque a agenda da oposição é a campanha que já se avizinha.

 

Por sua vez a UCID referiu que, em situação de pandemia, é necessário agir com cautela para não dificultar a vida aos profissionais de saúde.

 

No entanto, António Monteiro, considera que “enquanto responsáveis políticos deste país, deve se exigir responsabilidade e chamar a atenção sobre aquilo que provavelmente não esteja a ir pelo melhor caminho”.

@ Copyright 2014. Assembleia Nacional de Cabo Verde, Design and Architecture by Technician programmer of ANCV . Optimizado para 1024x786
Todos os direitos reservados webmaster