Tel: +(238)2608000
Fax: +(238)2622660
Segunda-Feira, 14 de Outubro 2019
Movimento civil sensibiliza Parlamento para a defesa de cães

Uma delegação do denominado movimento civil para as comunidades responsáveis foi recebida hoje, em audiência, pelo Presidente da Assembleia Nacional, que serviu de pretexto para os membros sensibilizarem os parlamentares para a questão do suposto abate compulsivo de cães e gatos na cidade da Praia.

 

A comitiva incluía no seu seio, como convidada especial, a responsável pela área da gestão ética do controlo populacional, provinda propositadamente da Câmara Municipal de Lisboa, ela que conta no seu currículo com uma longa experiência no domínio da educação, sensibilização com vista a adoção.

 

Segundo Marta Videira, desde 2013, que a autarquia lisboeta (através de legislação competente) proíbe a matança de animais de companhia, promovendo ao invés disso, a captura para posterior esterilização, contribuído para a verificação da natalidade canídea, evitando outras formas pouco convencionais de resolver o problema.

 

Na opinião da especialista portuguesa, se os animais, sobretudo, cães estão cada vez mais presentes na rua é porque de alguma maneira, os seres humanos demitiram das suas responsabilidades de serem detentores conscientes, lançando-os para borda fora à sua sorte, derivando assim novas ninhadas.

 

Na ocasião, as responsáveis pela organização ofereceram ao Parlamento, um quadro pintado tendo cão como inspiração, denominado «Billy», que foi prontamente adotado por Jorge Santos, que garantiu aos seus outorgadores que o pequeno canídeo vai ter lugar na galeria do majestoso edifício do povo.     

 

@ Copyright 2014. Assembleia Nacional de Cabo Verde, Design and Architecture by Technician programmer of ANCV . Optimizado para 1024x786
Todos os direitos reservados webmaster