Tel: +(238)2608000
Fax: +(238)2622660
Domingo, 9 de Dezembro 2018
Aberta exposição sobre o dia da Morna

Perante uma assistência formada essencialmente por músicos, tocadores e entusiastas, na abertura do Dia Nacional da morna, o Presidente da Assembleia Nacional, afirmou tacitamente que todos os dias se celebra o dia da morna, que em seu entender é sem dúvida, por razões as mais díspares, um património imaterial da Humanidade, faltando apenas a sua consagração pela UNESCO.

 

Sabe-se para já, através do Instituto da Promoção Cultural que o processo de candidatura já está numa fase irreversível, porque a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco)  não apontou nenhuma observação ao dossiê, nem ao processo em si, o que os leva a crer que há uma “forte garantia” de que a morna será inscrita no próximo ano.

 

Também confiante na glória, Jorge Santos, congratulou-se com a iniciativa do IPC, afirmando ser uma honra trazer a morna para o Parlamento cabo-verdiano através desta exposição, permitindo o intercâmbio com as pessoas, nomeadamente, crianças, adultos, turistas, numa demonstração implícita de um produto de civilizações e do cruzamento de culturas.

 

Assim, durante quinze dias, o hall de entrada do Palácio exibirá solenemente uma mostra de fotografias, ornamentada com instrumentos que marcam o compasso do género rainha da constelação musical crioula, numa homenagem a B.Léza, patrono do dia nacional da morna, que é também uma forma de homenagear todos os outros compositores, músicos e intérpretes. 

@ Copyright 2014. Assembleia Nacional de Cabo Verde, Design and Architecture by Technician programmer of ANCV . Optimizado para 1024x786
Todos os direitos reservados webmaster